quarta-feira, 4 de junho de 2014

Fazer o bem sem olhar a quem...




Oi pessoal, tudo bem?

Nesses últimos dias tem feito muito frio aqui em São Paulo....

Noites geladas.

E sempre me vem a mente as pessoas que não tem uma casa quentinha....

Um cobertor, uma blusa ou casaco.

Sempre separo roupas pra doar, sempre.

E não escolho doar em instituições só não.

Dou para que eu vejo que não tem mesmo.

Pode ser, um funcionário da sua casa, uma pessoa que você sabe que aquele agasalho fará diferença.

Orfanatos, asilos....

O importante mesmo é que quando você se deitar na sua cama quentinha, cheirosa, saiba que alguém,

está agasalhado também.

Vamos lá pessoal, tem roupa sempre a mais no armário.... vamos ajudar, vamos ser o anjo de alguém



Beijocas

10 comentários:

  1. Um belíssimo gesto, querida. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paulinha....
      É que o frio dói....
      Fico muito triste em ver tantas pessoas com frio, com fome, doentes e sem amparo de quem deveria cuidar delas. Isso tudo é terrivel....

      Beijo linda.... adoro quando vejo seus comentários!!

      Excluir
  2. Realmente Márcia, o frio dói. Que bom poder estar em posição de repartir o que temos "de sobra", né! Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela....
      A maioria sempre tem algo sobrando, nem que for um par de meias né...
      O que não dá é ver pessoas sofrendo, é muito cruel!!

      Beijo linda!

      Excluir
  3. Que atitude linda Marcia. Com certeza virá redobrado também!!! Se tem sobrando pq não dá para quem não tem nada??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é nosso dever ajudar o próximo Debbie....
      Não me sinto feliz se não o fizer....

      Beijo

      Excluir
  4. Eu também sempre faço doações, me sinto tão bem fazendo um ato de carinho e amor ao próximo...beijocas amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Franciele!
      E assim, com seu gesto de amor ao próximo, vc também já está ensinando o João.
      Pq ele vai sempre se lembrar de quando era pequeno, a mamãe ajudava que precisava.... que lindo!!1

      Beijo amiga!!!

      Excluir
  5. Márcia, me corta o coração pensar nas pessoas que enfrentam as noites mais frias nas ruas :(
    Aqui na minha cidade a gente sempre ajuda!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente dificil Elza.... de cortar o coração realmente.
      Mas cada um fazendo um pouquinho vamos amenizar o sofrimento desses irmãos né....

      Beijo

      Excluir

Obrigada pela visita e pelo comentário.